Arquivo de julho, 2010

Calado começa na frente em Spa

Publicado: 31/07/2010 em Fórmula 3

James Calado em Spa-Francorchamps

O bitânico James Calado (Carlin) liderou o agregado dos treinos livres da Fórmula 3 Inglesa desta quinta-feira (29). Em Spa-Francorchamps, na Bélgica, onde neste final de semana será realizada a sexta rodada tripla do certame, o piloto registrou 2:17.02s, batendo em 0,7s o parceiro francês Jean-Eric Vergne.

A primeira sessão aconteceu com pista molhada, mas na segunda os pilotos encontraram o asfalto seco e puderam baixar consideravelmente seus tempos.

Lucas Foresti (Carlin) foi o melhor brasileiro, em quinto. Adriano Buzaid (Carlin) ficou em nono, Luis Felipe Nasr (RRR) em 10º e Gabriel Dias (Hitech) em 12º.

Confira os tempos:

Pos  Piloto                Equipe                 Tempo      Dif.
 1.  James Calado          Carlin                 2m17.020s
 2.  Jean-Eric Vergne      Carlin                 2m17.749s  + 0.729s
 3.  William Buller        Hitech                 2m17.788s  + 0.768s
 4.  Alexander Sims        ART                    2m18.526s  + 1.506s
 5.  Lucas Foresti         Carlin                 2m18.554s  + 1.534s
 6.  Oli Webb              Fortec                 2m18.715s  + 1.695s
 7.  Rupert Svendsen-Cook  Carlin                 2m19.669s  + 2.649s
 8.  Nicolas Marroc        Prema                  2m19.879s  + 2.859s
 9.  Adriano Buzaid        Carlin                 2m20.257s  + 3.237s
10.  Felipe Nasr           Raikkonen Robertson    2m20.355s  + 3.335s
11.  Jazeman Jaafar        Carlin                 2m20.464s  + 3.444s
12.  Gabriel Dias          Hitech                 2m20.506s  + 3.486s
13.  Daniel Juncadella     Prema                  2m20.703s  + 3.683s
14.  Carlos Huertas        Raikkonen Robertson    2m20.824s  + 3.804s
15.  Hywel Lloyd           CF/Manor               2m21.419s  + 4.399s
16.  Alex Brundle          T-Sport                2m21.429s  + 4.409s
17.  Daniel McKenzie       Fortec                 2m22.149s  + 5.129s
18.  Adderly Fong          Sino Vision            2m22.508s  + 5.488s
19.  Daisuke Nakajima      Raikkonen Robertson    2m22.880s  + 5.860s
20.  Nathanael Berthon     ART                    2m23.556s  + 6.536s
21.  Jay Bridger           Litespeed              2m24.259s  + 7.239s
22.  Jim Pla               ART                    2m24.682s  + 7.662s
23.  Carlos Munoz          Mucke                  2m25.060s  + 8.040s
24.  Menasheh Idafar       T-Sport                2m25.590s  + 8.570s
25.  Maxim Snegirev        Fortec                 2m36.047s  + 19.027s
Anúncios

O site The F1 oferece a seus internautas um Live Timing – com comentários* – dos treinos livre e oficial da Fórmula 1 deste sábado (31), em Hungaroring, na Hungria.

Confira no link abaixo:

http://directo.thef1.es

*: em espanhol

A quinta-feira em Hungaroring

Publicado: 31/07/2010 em Fórmula 1, Fotos

Confira abaixo uma galeria de fotos com os melhores cliques da Fórmula 1 nesta quinta-feira (29), em Hungaroring, na Hungria:

Mini Countryman WRC

A Mini – empresa do grupo BMW – anunciou nesta terça-feira (27) que pretende ingressar no Mundial de Rally da FIA (WRC) na temporada de 2011.

A Prodrive – organização de David Richards – seria a plataforma de entrada da marca na categoria, cuja os motores no ano que vem passarão a ser de 1.6 litros turbo, e não mais 2.0.

A Mini não compete em alto nível nos rallies desde 1967, quando faturou o Rally de Acrópolis e os 1.000 Km de Monte Carlo.

No entanto, a expectativa é de que o time só participe da temporada completa em 2012.

Marcus Gronholm, Kris Meeke, P-G Andersson e Mads Ostberg são os pilotos mais cotados para correrem pelo time.

Segundo relatos, o Rally da Itália, na Sardenha, em maio do ano que vem, será o palco do lançamento.

João Jardim lidera a temporada

João Jardim e Francisco Alfaya foram os vencedores da rodada dupla da Fórmula Future deste domingo (25), em Londrina.

Como a segunda bateria vale menos pontos do que a primeira, Jardim, de apenas 17 anos, saltou na liderança do certame.

Nicolas Costa, que obteve um segundo e um quarto lugares respectivamente, é o terceiro no geral. Já Johilton Pavlak, terceiro em ambas as baterias, se encontra em quarto, seis pontos apenas atrás do líder.

Um campeonato tão disputado, mas com grid bem enxuto, de apenas nove carros.

Porém, o campeão da Fórmula Future neste ano ganhará uma temporada completa na Fórmula Abarth, e integrará, por um ano, o programa de desenvolvimento de pilotos da Ferrari.

A próxima etapa acontece em Interlagos-SP, no dia 22 de agosto.

Confira o resultado das provas e a classificação atualizada:

Prova 01

1 – João Jardim, 20 voltas
2 – Nicolas Costa, a 0s703
3 – Johilton Pavlak, a 10s881
4 – John Louis, a 19s846
5 – Vini Alvarenga, a 28s244
6 – Francisco Alfaya, a 41s831
7 – Rafel Azrak, a 1min17s644

Prova 02
1 – Francisco Alfaya, 20 votlas
2 – Felipes Apezzatto, a 4s773
3 – Johilton Pavlak, a 8s349
4 – Nicolas Costa, a 10s407
5 – Vini Alvarenga, a 20s175
6 – John Louis, a 20s317
7 – João Jardim, a 20s738

Campeonato:
1 – João Jardim, 46 pontos
2 – Francisco Alfaya, 45
3 – Nicolas Costa, 42
4 – Johilton Pavlak, 40 pontos
5 – John Louis, 28
6 – Roberto Curia Jr., 23

No Troféu Linea, a segunda rodada dupla do certame, disputada no Autódromo Ayrton Senna, em Londrina-PR, teve como vencedores Cesinha Bonilha e Serafin Jr. A categoria compete junto com a Fórmula Future no chamado Racing Festival.

Alguns pilotos conhecidos do grande público da Stock Car, como Giuliano Losacco, Cacá Bueno, Alceu Feldmann, Ricardo Mauricio, Christian Fittipaldi, Antonio Jorge Neto, Duda Pamplona, Popó Bueno e Thiago Camilo fazem parte do grid.

Porém, quem lidera o certame é o paulista André Bragantini, que alcançou o quinto lugar na segunda bateria como melhor resultado, mas soma 32 pontos no compto geral, dois a mais que Antonio Jorge Neto.

A próxima rodada acontece em 22 de agosto, em Interlagos-SP.

Confira o resultado das provas e a classificação atualizada:

Corrida 1:

1) Cesinha Bonilha
2) Alceu Feldmann
3) Ricardo Maurício
4) Antonio Jorge Neto
5) Duda Pamplona
6) José Vitte
7) Giuliano Losacco
8) Serafin Jr.
9) Christian Fittipaldi
10) Popó Bueno
11) André Bragantini
12) Thiago Camilo
13) Cacá Bueno
14) Rodrigo Navarro
15) Ulisses Silva
16) Clemente Faria Jr.
17) José Cordova
18) Fernando Nienkötter
19) Cesare Marrucci
20) Betinho Sartório
21) Leonardo Nienkötter

Melhor volta: Christian Fittipaldi, 1min29s231, média de 126,884 km/h

Corrida 2:

1) Serafin Jr., 28min10s141
2) Giuliano Losacco, a 0s263
3) Christian Fittipaldi, a 0s901
4) Ricardo Maurício, a 1s143
5) André Bragantini, a 1s381
6) Duda pamplona, a 1s190
7) Alceu Feldmann, a 2s329
8) Cacá Bueno, a 3s326
9) Antonio Jorge Neto, a 3s635
10) Thiago Camilo, a 4s057
11) Popó Bueno, a 4s440
12) José Cordova, a 4s947
13) Rodrigo Navaroo, a 6s189
14) Leonardo Nienkötter, a 6s658
15) Betinho Sartório,a 9s449
16) Ulisses Silva, a 9s860
17) Cesare Marrucci, a 10s338
18) Clemente Faria Jr., a 1 volta
19) José Vitte, a 4 voltas
20) Cesinha Bonilha, a 4 voltas

Não classificado: Fernando Nienkötter

Melhor volta: Cacá Bueno, em 1min29s805

Classificação:

1) André Bragantini 32
2) Antonio Jorge Neto 30
3) Alceu Feldmann 28
4) Ricardo Maurício 22
5) Popó Bueno e Giuliano Losacco 21
7) Cesar Bonilha 20
8) Ulisses Silva e Serafin Jr. 18
10) José Cordova e José Vitte 14
12) Duda Pamplona e Christian Fittipaldi 12
14) Cacá Bueno 7
15) Leonardo Nienkotter 6
16) Cesare Marrucci 1

O sueco Timmy Hansen (Mucke) e o holandês Robin Frijns (Josef Kaufmann) foram os vencedores da quinta rodada dupla da temporada 2010 da Fórmula BMW Europa.

No circuito de Hockenheim, na Alemanha, Frijns fez as duas poles, mas só converteu em vitória a bateria do domingo (25).

Apesar de fazer as voltas mais rápidas das duas provas, o britânico Jack Harvey (Fortec) teve que se contentar com um segundo e um terceiro lugares, mas pelo menos sustentou a liderança do certame, a exemplo de sua equipe.

A próxima rodada acontece entre os dias 31 de julho e 1º de agosto, em Hungaroring, na Hungria.

Confira a classificação atualizada:

Pilotos:

1. Jack Harvey Fortec Motorsports 247
2. Robin Frijns Josef Kaufmann Racing 223
3. Carlos Sainz Eurointernational 163
4. Timmy Hansen Mücke Motorsport 162
5. Facu Regalia Eifelland Racing 138
6. Javie Tarancon DAMS 121
7. George Katsinis Fortec Motorsports 95
8. Come Ledogar Eifelland Racing 95
9. Hanes Van Asseldonk Josef Kaufmann Racing 86
10. Fahmi Ilyas DAMS 76
11. Daniil Kvyat Eurointernational 70
12. Michael Lewis Eurointernational 56
13. Petri Suvanto Josef Kaufmann Racing 54
14. Maciej Bernancik Mücke Motorsport 54
15. Christof von Grünigen Fortec Motorsports 47
16. Marc Coleselli Eifelland Racing 31

Equipes:

1. Fortec Motorsports 384
2. Josef Kaufmann Racing 362
3. Eurointernational 287
4. Eifelland Racing 264
5. Mücke Motorsport 215
6. DAMS 197

Nykjaer vence as duas na Áustria

Publicado: 30/07/2010 em ETCC

Michel Nykjaer recebe a quadriculada

Pelo Campeonato Europeu de Carros de Turismo (ETCC), o dinamarquês Michel Nykjaer (SEAT) venceu as duas baterias deste domingo (25), no circuito de Salzburgring, na Áustria.

Porém, o britânico James Thompson (Honda) chegou em segundo em ambas e se manteve na ponta do campeonato. Parceiro de James, o sueco Tomas Engstrom ficou em terceiro nas duas baterias, que tiveram 12 voltas.

A curta temporada de 2010 da categoria se encerra no dia 17 de outubro, em Franciacorta, na Itália, uma vez que a terceira rodada dupla, em Oschersleben, na Alemanha, foi cancelada no início do ano.

Confira o resultado das duas provas em Salzburg e a classificação atualizada:

Corrida 1:

1) Michel NYKJAER (SEAT Leon 2.0 TDI)

2) James THOMPSON (Honda Accord Euro R)

3) Tomas ENGSTROM (Honda Accord Euro R)

4) Wolfgang TREML (Honda Accord Euro R)

5) Aytac BITER (BMW 320si)

6) Andrii KRUGLIK (BMW 320i)

7) Ibrahim OKYAY (BMW 320si)

8) Leonid PROTASOV (BMW 320i)

9) Irina PROTASOVA (BMW 320i)

10) Vojislav LEKIC (Honda Civic Type-R)

11) Fabio FABIANI (BMW 320i)

12) Jorg SCHORI (Honda Accord Euro R)

13) Carsten SEIFERT (Ford Fiesta ST)

14) Sergey KRYLOV (Ford Fiesta ST)

Corrida 2:

1)     Michel NYKJAER (SEAT Leon 2.0 TDI)

2)     James THOMPSON (Honda Accord Euro R)

3)     Tomas ENGSTROM (Honda Accord Euro R)

4)     Wolfgang TREML (Honda Accord Euro R)

5)      Michael ROSSI (SEAT Leon 2.0 TFSI)

6)     Ibrahim OKYAY (BMW 320si)

7)     Andrii KRUGLIK (BMW 320i)

8)     Aytac BITER (BMW 320si)

9)     Leonid PROTASOV (BMW 320i)

10)  Jorg SCHORI (Honda Accord Euro R)

11)  Vojislav LEKIC (Honda Civic Type-R)

12)  Fabio FABIANI (BMW 320i)

13)  Jens LOHNIG (Ford Fiesta 1.6 16v)

14)  Carsten SEIFERT (Ford Fiesta ST)

15)  Sergey KRYLOV (Ford Fiesta ST)

16)  Peter RIKLI (Honda Civic Type-R)

Classificação:

1) James THOMPSON (GBR), 32 pontos

2) Tomas ENGSTRÖM (SWE), 22;

3) Michel NYKJÆR (DEN), 20;

4) César CAMPANIÇO (POR), 15;

5) Kristian POULSEN (DEN), 14;

6) Ibrahim OKYAY (TUR), 14;

7) Wolfgang TREML (AUT), 10;

8) Michaël ROSSI (FRA), 7;

9) Aytaç BITER (TUR), 5;

10) Marin ČOLAK (CRO), 5;

11) Andrii KRUGLYK (UKR), 5;

12) Timur SADREDINOV (RUS), 4;

13) Yuriy PROTASOV (UKR), 2;

14) Leonid PROTASOV (UKR), 1.

Jamie McMurray no Victory-Lane

Jamie McMurray manteve suas chances matemáticas de classificação ao Chase com a vitória deste domingo (25), nas 400 Milhas de Indianápolis. A 20ª etapa da NASCAR Sprint Cup teve seis paralisações com bandeiras amarelas, além de 14 trocas na liderança.

No início da prova, o companheiro de McMurray na Earnhardt Ganassi Racing (Chevrolet), Juan Pablo Montoya, parecia caminhar para sua primeira vitória em ovais na categoria. Mas perdeu o controle do carro ao tentar recuperar posições após uma rodada de pits-stops que o jogou para o sexto lugar.

No contato, Montoya acertou Dale Jr., arrastando-o ao box. O piloto da Hendrick seguiu na disputa, mas Montoya abandonou.

Na última relargada, McMurray ultrapassou o líder Kevin Harvick e não foi mais alcançado. Já o piloto da Richard Childress (Chevrolet), que segue na liderança do certame, teve de se defender dos ataques do representante da Roush Fenway (Ford), Greg Biffle, para grantir a segunda colocação.

Clint Bowyer, Tony Stewart e Jeff Burton – todos da Chevrolet – fecharam o Top 6 da jornada de 160 voltas.

O resultado fez McMurray entrar para a história da categoria. Foi apenas a terceira vez que um piloto conseguiu vencer, no mesmo ano, as 500 Milhas de Daytona e as 400 Milhas de Indianápolis.

Para a Ganassi, mais glórias. A equipe completou a tríplice coroa, uma vez que, na Fórmula Indy, venceu por intermédio de Dario Franchitti as 500 Milhas de Indianápolis.

A próxima etapa acontece no dia 1º de agosto, em Pocono.

Confira o resultado final em Indianápolis e a classificação atualizada:

Pos  Piloto              Carro      Voltas
 1.  Jamie McMurray      Chevrolet  160
 2.  Kevin Harvick       Chevrolet  160
 3.  Greg Biffle         Ford       160
 4.  Clint Bowyer        Chevrolet  160
 5.  Tony Stewart        Chevrolet  160
 6.  Jeff Burton         Chevrolet  160
 7.  Carl Edwards        Ford       160
 8.  Kyle Busch          Toyota     160
 9.  Joey Logano         Toyota     160
10.  Kurt Busch          Dodge      160
11.  Mark Martin         Chevrolet  160
12.  Matt Kenseth        Ford       160
13.  Kasey Kahne         Ford       160
14.  Paul Menard         Ford       160
15.  Denny Hamlin        Toyota     160
16.  AJ Allmendinger     Ford       160
17.  Ryan Newman         Chevrolet  160
18.  Bill Elliott        Ford       160
19.  Brad Keselowski     Dodge      160
20.  David Ragan         Ford       160
21.  Marcos Ambrose      Toyota     160
22.  Jimmie Johnson      Chevrolet  160
23.  Jeff Gordon         Chevrolet  160
24.  Travis Kvapil       Ford       160
25.  Scott Speed         Toyota     160
26.  Martin Truex Jr     Toyota     159
27.  Dale Earnhardt Jr   Chevrolet  158
28.  David Reutimann     Toyota     157
29.  Jacques Villeneuve  Toyota     157
30.  Sam Hornish Jr      Dodge      157
31.  Bobby Labonte       Chevrolet  150
32.  Juan Montoya        Chevrolet  145
33.  Regan Smith         Chevrolet  135
34.  Kevin Conway        Ford       124
35.  Reed Sorenson       Toyota     89
36.  Robby Gordon        Toyota     68
37.  Todd Bodine         Toyota     59
38.  Elliott Sadler      Ford       55
39.  Landon Cassill      Chevrolet  52
40.  Joe Nemechek        Toyota     33
41.  Dave Blaney         Toyota     20
42.  Michael McDowell    Toyota     19
43.  Max Papis           Toyota     15

Classificação:

Pos Piloto Pontos
1 Kevin Harvick 2920
2 Jeff Gordon 2736
3 Denny Hamlin 2660
4 Jimmie Johnson 2659
5 Kurt Busch 2658
6 Kyle Busch 2630
7 Jeff Burton 2615
8 Matt Kenseth 2573
9 Tony Stewart 2544
10 Carl Edwards 2496
11 Greg Biffle 2462
12 Clint Bowyer 2446
13 Mark Martin 2384
14 Dale Earnhardt Jr. 2353
15 Ryan Newman 2299
16 Jamie McMurray 2295
17 Kasey Kahne 2290
18 David Reutimann 2269
19 Joey Logano 2241
20 Martin Truex Jr. 2145
21 A.J. Allmendinger 2136
22 Juan Pablo Montoya 2121
23 Paul Menard 2102
24 Brad Keselowski 1941
25 David Ragan 1939
26 Scott Speed 1926
27 Marcos Ambrose 1839
28 Elliott Sadler 1799
29 Sam Hornish Jr. 1768
30 Regan Smith 1663
31 Bobby Labonte 1537
32 Robby Gordon 1438
33 Travis Kvapil 1394
34 Kevin Conway 1299
35 David Gilliland 1260
36 Brian Vickers 1158
37 David Stremme 825
38 Joe Nemechek 811
39 Mike Bliss 799
40 Massimiliano Papis 770
41 Dave Blaney 662
42 Bill Elliott 609
43 Casey Mears 599
44 Michael McDowell 508
45 Reed Sorenson 493
46 J.J. Yeley 491
47 Boris Said 399
48 Robert Richardson Jr. 249
49 Todd Bodine 221
50 Michael Waltrip 200
51 Terry Cook 164
52 Aric Almirola 154
52 Johnny Sauter 154
54 Landon Cassill 146
55 Steve Park 129
56 Jan Magnussen 127
57 Mattias Ekström 105
58 Scott Riggs 79
59 Jacques Villeneuve 76
60 Andy Lally 52
61 John Andretti 49
62 Geoff Bodine 40
62 P.J. Jones 40
64 Tony Raines 37
65 Chad McCumbee 37
Pos Construtores Pontos
1 Chevrolet 143
2 Toyota 123
3 Ford 90
4 Dodge 84

GP de Edmonton 2010 – Corrida

Publicado: 30/07/2010 em Indy

Sobrou para Dixon a vitória em Edmonton

Em mais uma decisão controversa no fim de semana, os fiscais da Fórmula Indy resolveram premiar o neo-zelandês Scott Dixon com a vitória no GP de Edmonton, no Canadá.

Neste domingo (25), o trio da Penske dominou todas as 95 voltas da 11ª etapa da temporada, mas acabou vendo o bicampeão da Ganassi no alto do pódio por um excesso de rigor dos comissários esportivos.

Na última relargada, na última volta, o brasileiro Helio Castroneves se defendeu por dentro de seu parceiro, Will Power, antes da bandeira verde ser acionada, o que seria proibido pelo regulamento.

Como não houve tempo para o tricampeão de Indianápolis cumprir um drive-through, adicionaram ao seu tempo total de prova 20s, o que jogou-o para 10º.

Numa cena típica de filmes de ação de Hollywood, Helinho saiu de seu carro enfurecido, cruzou a pista e bradou palavras de ordem perto da torre de contole do GP, agarrando, inclusive, um dos responsáveis pelo colarinho. Depois, mais contido, deu uma entrevista lamentando o incidete e pedindo desculpas por sua atitude intempestiva.

A manobra que valeu a Dixon a vitória veio na curva seguinte. Ao tentar a ultrapassagem por fora, Power abriu demais e permitiu Dixon passar.

Dario Franchitti (Ganassi) completou em quarto e acabou agraciado com um lugar no pódio, terminando em terceiro.

Ryan Briscoe (Penske) e Ryan Hunter-Reay (Andretti) fecharam o Top 5 da jornada, que ainda teve o veterano canadense Paul Tracy (KV) na sexta posição.

Entre os demais brasileiros, Mario Moraes (KV) terminou em sétimo, Tony Kanaan (Andretti) em 12º, Raphael Matos (De Ferran Dragon) em 13º e Vitor Meira (Foyt) em 16º. Já Mario Romancini (Conquest) abandonou na 52ª passagem.

A próxima etapa acontece em Mid Ohio, no dia 8 de agosto.

Confira o resultado final em Edmonton e a classificação atualizada:

Pos  Piloto               Equipe            Tempo/Dif.
 1.  Scott Dixon          Ganassi            95 voltas
 2.  Will Power           Penske             + 2.6688s
 3.  Dario Franchitti     Ganassi            + 3.2831s
 4.  Ryan Briscoe         Penske             + 8.8652s
 5.  Ryan Hunter-Reay     Andretti           + 11.1482s
 6.  Paul Tracy           KV                 + 11.9091s
 7.  Mario Moraes         KV                 + 16.9015s
 8.  EJ Viso              KV                 + 18.2206s
 9.  Takuma Sato          KV                 + 21.5880s
10.  Helio Castroneves    Penske             + 42.6011s
11.  Marco Andretti       Andretti           + 1 volta
12.  Tony Kanaan          Andretti           + 1 volta
13.  Raphael Matos        De Ferran Dragon   + 1 volta
14.  Bertrand Baguette    Conquest           + 1 volta
15.  Danica Patrick       Andretti           + 1 volta
16.  Vitor Meira          Foyt               + 2 voltas
17.  Hideki Mutoh         Newman/Haas        + 2 voltas
18.  Alex Lloyd           Dale Coyne         + 3 voltas
19.  Tomas Scheckter      Dreyer & Reinbold  + 5 voltas
20.  Dan Wheldon          Panther            + 5 voltas
21.  Justin Wilson        Dreyer & Reinbold  + 7 voltas

Abandonos:

     Simona de Silvestro  HVM                 87 voltas
     Alex Tagliani        Fazzt               52 voltas
     Mario Romancini      Conquest            52 voltas
     Milka Duno           Dale Coyne           4 voltas

Classificação:

Pos Piloto Pontos
1 Will Power 420
2 Dario Franchitti 370
3 Scott Dixon 349
4 Ryan Briscoe 324
5 Ryan Hunter-Reay 316
6 Hélio Castroneves 305
7 Tony Kanaan 291
8 Justin Wilson 251
9 Marco Andretti 244
10 Dan Wheldon 243
11 Danica Patrick 234
12 Vitor Meira 205
13 Raphael Matos 203
14 Mário Moraes 203
15 Alex Tagliani 194
16 Ernesto Viso 193
17 Alex Lloyd 170
18 Hideki Mutoh 167
19 Simona de Silvestro 155
20 Mario Romancini 149
21 Takuma Sato 144
22 Graham Rahal 125
23 Bertrand Baguette 119
24 Milka Duno 112
25 Mike Conway 110
26 Tomas Scheckter 63
27 Paul Tracy 61
28 Sarah Fisher 53
29 John Andretti 35
30 Ana Beatriz 33
31 Ed Carpenter 20
32 Jay Howard 20
33 Townsend Bell 18
34 Sebastian Saavedra 15
35 Adam Carroll 14
36 Davey Hamilton 14
37 Bruno Junqueira 13

GP dos EUA 2010 – Corrida

Publicado: 30/07/2010 em MotoGP

Quem pode parar Lorenzo em 2010?

Jorge Lorenzo caminha  a passos largos para ser o mais novo campeão da MotoGP. Além de sobrar com o equipamento da Fiat Yamaha, o espanhol conta com o auxílio de seus rivais, que cometem erros infantis ou não se encontram em 100% de suas condições físicas.

Isso ficou bem claro na etapa deste domingo (25), em Laguna Seca, nos EUA. Após a largada, Lorenzo despencou da pole para o quarto posto, enquanto Dani Pedrosa (Honda) arrancou de quarto para a ponta.

Rapidamente, Lorenzo passou Ben Spies (Tech 3 Yamaha) e se posicionou em terceiro. Depois, se aproveitou de um erro de Casey Stoner (Ducati), que abriu demais numa curva, e avançou a segundo. Por fim, assistiu a mais um tombo do compatriota Pedrosa, que abandonou e cedeu a liderança a Lorenzo.

Foi o sexto triunfo em nove GPs do líder do campeonato. Stoner alcançou mais um grande resultado na temporada, com o segundo posto, enquanto o convalecente Valentino Rossi, na outra Fiat Yamaha, completou o pódio na terceira posição.

Andrea Dovizioso (Honda), chegou a andar em segundo, mas a exemplo de seu parceiro, caiu e terminou apenas em quarto.

Os locais Nicky Hayden (Ducati), Ben Spies e Colin Edwards – ambos da Tech 3 Yamaha – completaram o Top 7 da jornada.

A próxima etapa acontece em Brno, na República Tcheca, no dia 15 de agosto.

Confira o resultado final em Laguna Seca e a classificação atualizada:

Pos  Piloto            Equipe              Tempo/Dif.
 1.  Jorge Lorenzo     Yamaha              43m54.873s
 2.  Casey Stoner      Ducati                + 3.517s
 3.  Valentino Rossi   Yamaha               + 13.420s
 4.  Andrea Dovizioso  Honda                + 14.188s
 5.  Nicky Hayden      Ducati               + 14.601s
 6.  Ben Spies         Tech 3 Yamaha        + 19.037s
 7.  Colin Edwards     Tech 3 Yamaha        + 40.721s
 8.  Marco Melandri    Gresini Honda        + 47.219s
 9.  Loris Capirossi   Suzuki               + 52.812s
10.  Mika Kallio       Pramac Ducati        + 52.814s
11.  Roger Lee Hayden  LCR Honda          + 1m14.089s
12.  Alex de Angelis   Interwetten Honda  + 1m14.666s

Abandonos:

     Aleix Espargaro   Pramac Ducati      28 voltas
     Marco Simoncelli  Gresini Honda      18 voltas
     Dani Pedrosa      Honda              11 voltas
     Hector Barbera    Aspar Ducati       3 voltas
     Alvaro Bautista   Suzuki             3 voltas

Classificação:

Pos Piloto Pontos
1 Jorge Lorenzo 210
2 Daniel Pedrosa 138
3 Andrea Dovizioso 115
4 Casey Stoner 103
5 Valentino Rossi 90
6 Nicky Hayden 89
7 Ben Spies 77
8 Randy de Puniet 69
9 Marco Melandri 53
10 Marco Simoncelli 49
11 Colin Edwards 48
12 Héctor Barberá 41
13 Loris Capirossi 36
14 Mika Kallio 31
15 Aleix Espargaró 28
16 Alvaro Bautista 25
17 Hiroshi Aoyama 18
18 Alex de Angelis 8
19 Roger Lee Hayden 5
20 Kousuke Akiyoshi 4
21 Wataru Yoshikawa 1
Pos Construtores Pontos
1 Yamaha 215
2 Honda 175
3 Ducati 133
4 Suzuki 48

James Hinchcliffe bem acompanhado

James Hinchcliffe (Team Moore Racing) segue vivo na luta pelo título da Fórmula Indy Lights 2010. Neste domingo (25), venceu pela segunda vez no ano, agora na pista de Edmonton, no Canadá.

Foi um fim de semana dominador do piloto canadense. Correndo em casa, marcou a pole-position, a volta mais rápida da corrida, além de liderar todas as 50 voltas do evento.

Sobrou para o francês Jean-Karl Vernay (Sam Schmidt Motorsports) a segunda posição, que o sustentou na liderança da tabela, 55 pontos à frente de Hinchcliffe.

O pódio foi completado por Martin Plowman (AFS Racing), em terceiro.

Já o brasileiro Rodrigo Barbosa (PDM) chegou na modesta 12ª posição.

Só houve um abandono. Na sexta volta, Carmen Jorda (Andersen Racing) sofreu um problema mecânico e não pôde prosseguir.

A próxima etapa acontece em Mid Ohio, no dia 8 de agosto.

Confira o resultado final em Edmonton e a classificação atualizada:

1 James Hinchcliffe

Team Moore Racing

Voltas:50
2 J.K. Vernay

Sam Schmidt Motorsports

3 Martin Plowman

AFS Racing/Andretti Autosport


4 Charlie Kimball

AFS Racing/Andretti Autosport


5 Dan Clarke

Walker Racing


6 Sebastian Saavedra

Bryan Herta Autosport


7 Stefan Wilson

Bryan Herta Autosport


8 Adrian Campos Jr.

Team Moore Racing


9 Gustavo Yacaman

Cape Motorsports with Wayne Taylor Racing


10 Philip Major

Sam Schmidt Motorsports


11 Pippa Mann

Sam Schmidt Motorsports


12 Rodrigo Barbosa

PDM Racing


13 Abandono:

Carmen Jorda

Andersen Racing

na sexta volta/mecânico

Classificação:

01 J.K. Vernay

Pontos: 335

02 James Hinchcliffe

Pontos: 280 (-55)

03 Martin Plowman

Pontos: 253 (-82)

04 Charlie Kimball

Pontos: 252 (-83)

05 Sebastian Saavedra

Pontos: 239 (-96)

06 Stefan Wilson

Pontos: 202 (-133)

07 Gustavo Yacaman

Pontos: 187 (-148)

08 Dan Clarke

Pontos: 184 (-151)

09 Philip Major

Pontos: 184 (-151)

10 Adrian Campos Jr.

Pontos: 165 (-170)

11 Pippa Mann

Pontos: 157 (-178)

12 Rodrigo Barbosa

Pontos: 150 (-185)

13 James Winslow

Pontos: 108 (-227)

14 Carmen Jorda

Pontos: 84 (-251)

15 Tonis Kasemets

Pontos: 56 (-279)

16 Junior Strous

Pontos: 56 (-279)

17 Wade Cunningham

Pontos: 52 (-283)

18 Brandon Wagner

Pontos: 42 (-293)

19 Jan Heylen

Pontos: 40 (-295)

20 Niall Quinn

Pontos: 38 (-297)

21 Jonathan Summerton

Pontos: 24 (-311)

22 Anders Krohn

Pontos: 20 (-315)

23 Joel Miller

Pontos: 19 (-316)

24 Nic LeDuc

Pontos: 19 (-316)

25 Arie Luyendyk Jr.

Pontos: 16 (-319)

26 Jeff Simmons

Pontos: 15 (-320)

Confira abaixo o pavoroso acidente que marcou a quinta etapa da Fórmula Truck 2010, no circuito de Interlagos, envolvendo Dilmar Bueno e Bruno Junqueira:

Quarta vitória de Roberval em Interlagos

A equipe Corinthians Motorsport (Scania) pôde comemorar, neste domingo (25), sua segunda vitória na temporada 2010 da Fórmula Truck. Na pista de Interlagos, em São Paulo, o paulista Roberval Andrade repetiu o feito de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, e deu alegrias a segunda maior torcida do Brasil.

No entanto, quem estava mais feliz ainda era Felipe Giaffone (Volkswagen). Depois de ser tocado na segunda volta e cair para o fim do pelotão, o bicampeão do certame fez uma prova de recuperação, terminando em quarto e assumindo a liderança do certame, graças ao abandono de seu companheiro, Valmir Benavides.

Leandro Totti (Mercedes) chegou em segundo, seguido de Paulo Salustiano (Volvo). O pódio foi completado pelo tetracampeão Wellington Cirino (Mercedes), na quinta posição.

Beto Monteiro, na sétima colocação, foi o melhor representante da Iveco, enquanto Vignaldo Fizio levou a Ford ao 12º posto.

A prova ainda contou com um pavoroso acidente envolvendo Dilmar Bueno (Volvo) e Bruno Junqueira (Ford) na curva 1. Por sorte, ninguém saiu ferido.

A próxima etapa acontece no dia 22 de agosto, em Londrina-PR.

Confira o resultado final em Interlagos e a classificação atualizada:

1º) Roberval Andrade (SP/Scania), Scania Corinthians Motorsport, 1h00min27s298
2º) Leandro Totti (PR/Mercedes-Benz), ABF Competições, a 2s706
3º) Paulo Salustiano (SP/Volvo), ABF Competições, a 17s793
4º) Felipe Giaffone (SP/Volkswagen), RM Competições, a 17s812
5º) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF Competições, a 19s145
6º) Renato Martins (SP/Volkswagen), RM Competições, a 19s405
7º) Beto Monteiro (PE/Iveco), Scuderia Iveco, a 19s716
8º) Pedro Muffato (PR/Scania), Muffatão, a 23s716
9º) Geraldo Piquet (DF/Mercedes-Benz), ABF Competições, a 44s003
10º) Fred Marinelli (SP/Marinelli Competições), a 44s683
11º) André Marques (SP/Scania), RVR Corinthians Motorsport, a 44s838
12º) Vignaldo Fízio (SP/Ford), ABF Competições, a 56s445
13º) Cristiano da Matta (MG/Iveco), Scuderia Iveco, a 58s129
14º) Débora Rodrigues (SP/Volkswagen), RM Competições, a 58s537
15º) Fabiano Brito (PR/Volvo), ABF Competições, a 1min09s504
16º) João Marcos Maistro (PR/Volvo), Clay Truck Racing, a 2 voltas
17º) José Cangueiro (SP/Mercedes-Benz), Mercalf Competições, a 2 voltas
18º) Leandro Reis (GO/Scania), Original Reis, a 3 voltas
19º) Danilo Dirani (SP/Ford), Ford Racing Trucks, a 3 voltas

NÃO COMPLETARAM:

Adalberto Jardim (SP/Volvo), AJ5-Boessio Competições, a 7 voltas
Andersom Toso (RS/Ford), Ford Racing Trucks, a 8 voltas
Valmir Benavides (SP/Volkswagen), RM Competições, a 11 voltas
Diumar Bueno (PR/Volvo), ABF Competições, a 14 voltas
Bruno Junqueira (MG/Ford), Ford Racing Trucks, a 14 voltas
José Maria Reis (GO/Scania), Original Reis, a 15 voltas

Classificação:

Os dez primeiros do Campeonato:

1) Felipe Giaffone – 98 pontos
2) Valmir Benavides – 97 pontos
3) Wellington Cirino – 91 pontos
4) Roberval Andrade – 72 pontos
5) Leandro Reis – 48 pontos
6) Geraldo Piquet e Paulo Salustiano – 43 pontos
8) Leandro Totti – 35 pontos
9) Renato Martins – 33 pontos
10) Pedro Muffato e Beto Monteiro – 26 pontos

Classificação de marcas:

1. Volkswagen, 230
2. Scania, 177
3. Mercedes-Benz, 176
4. Volvo, 77
5. Iveco, 42
6. Ford, 33

GP de Edmonton 2010 – Warm-up

Publicado: 30/07/2010 em Indy

No treino de aquecimento da Fórmula Indy na manhã deste domingo (25), Will Power voltou a liderar a tabela de tempos na pista de Edmonton, no Canadá.

Pole-position de logo mais, o australiano da Penske foi o único a andar na casa de 1m01s, superando em quase 0,3s o neo-zelandês Scott Dixon (Ganassi).

Seus companheiros, Helio Castroneves e Ryan Briscoe apareceram em terceiro e quarto respectivamente, enquanto Dario Franchitti, parceiro de Dixon, fechou a lista dos cinco mais velozes.

Entre os demais brasileiros, Tony Kanaan (Andretti) surgiu em sexto, Mario Moraes (KV) em oitavo, Raphael Matos (De Ferran Dragon) em 17º, Mario Romancini (Conquest) em 18º e Vitor Meira (Foyt) em 20º.

Confira:

Pos. Piloto Equipe Tempo
1. Will Power Team Penske 1:01.8397
2. Scott Dixon Chip Ganassi Racing 1:02.1086
3. Helio Castroneves Team Penske 1:02.2067
4. Ryan Briscoe Team Penske 1:02.2447
5. Dario Franchitti Chip Ganassi Racing 1:02.2753
6. Tony Kanaan Andretti Autosport 1:02.7060
7. Justin Wilson Dreyer & Reinbold Racing 1:02.7313
8. Mario Moraes KV Racing Technology 1:02.8108
9. Paul Tracy KV Racing Technology 1:02.9188
10. E.J. Viso KV Racing Technology 1:02.9192
11. Dan Wheldon Panther Racing 1:02.9563
12. Bertrand Baguette Conquest Racing 1:02.9688
13. Alex Tagliani FAZZT Race Team 1:03.0264
14. Alex Lloyd Dale Coyne Racing 1:03.0334
15. Takuma Sato KV Racing Technology 1:03.1613
16. Simona De Silvestro Team Stargate Worlds/HVM 1:03.2068
17. Raphael Matos de Ferran Luczo Dragon Racing 1:03.2167
18. Mario Romancini Conquest Racing 1:03.3808
19. Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport 1:03.4354
20. Vitor Meira A.J. Foyt Enterprises 1:03.5401
21. Danica Patrick Andretti Autosport 1:03.5674
22. Marco Andretti Andretti Autosport 1:03.6072
23. Hideki Mutoh Newman/Haas Racing 1:03.6226
24. Tomas Scheckter Dreyer & Reinbold Racing 1:04.0775
25. Milka Duno Dale Coyne Racing 1:09.3533

Fria saudação entre os companheiros

Vamos com calma, meus caros!

Depois de quase uma semana da polêmica envolvendo Felipe Massa e Fernando Alonso no GP da Alemanha, em Hockenheim, resolvi dar um ligeiro pitaco a respeito de toda a confusão que se desenrolou.

A Ferrari fez uma aposta. Assim como em Interlagos-07 o Felipe deu a vitória para Kimi ser campeão e em Xangai-08 Kimi cedeu um segundo lugar para Massa ter mais chances de título no Brasil.

Hoje, em 2010, Fernando Alonso, bicampeão mundial, tinha muito mais pontos que Felipe Massa na tabela. Com o desempenho mostrado pela Ferrari na Alemanha, é justo sonhar com mais vitórias e, conseqüentemente, a luta pelo título ao final do ano.

Assim, a Ferrari preferiu vencer com Alonso. Uma vitória de Massa – na atual situação – não teria o menor sentido para os planos de título de pilotos da Scuderia. Seriam sete pontos a menos para Alonso, que já se encontra atrás da dupla da McLaren – Lewis Hamilton e Jenson Button – e do duo da Red Bull – Sebastian Vettel e Mark Webber.

Portanto, meus caros, apesar da choradeira, é compreensível – não justo – a atitude da Ferrari.

O site The F1 oferece a seus internautas um Live Timing – com comentários* – dos treinos livres da Fórmula 1 desta sexta-feira (30), em Hungaroring, na Hungria.

Confira no link abaixo:

http://directo.thef1.es

*: em espanhol

O domingo em Hockenheim

Publicado: 29/07/2010 em Fórmula 1, Fotos

Confira abaixo uma galeria de fotos com os melhores cliques da Fórmula 1 deste domingo (25), em Hockenheim, na Alemanha:

GP da Alemanha 2010 – Corrida

Publicado: 29/07/2010 em Fórmula 1

Fernando Alonso: vitória polêmica

De forma controversa, a Ferrari comemorou, neste domingo (25), sua segunda dobradinha na temporada de 2010 da Fórmula 1. O circuito de Hockenheim, na Alemanha, foi palco de mais uma atitude anti-esportiva da escuderia italiana, que restado 19 voltas para o fim da corrida mandou seus pilotos inverterem de posição, garantindo a vitória ao espanhol Fernando Alonso.

Felipe Massa, que se aproveitou da briga entre Alonso e Sebastian Vettel (Red Bull) na largada para assumir a liderança, teve que se contentar com o segundo posto, fazendo cara de poucos amigos e cumprimentando friamente o parceiro na chegada ao Parque-Fechado.

Sobrou para Vettel o terceiro lugar do pódio, em mais uma chance de vitória desperdiçada partindo da pole. Pelo menos conseguiu descontar pontos importantes para a dupla da McLaren – Lewis Hamilton e Jenson Buton – e o companheiro de Red Bull, o australiano Mark Webber, que fechou o Top 6 da jornada.

Em mais uma performance consistente, o polonês Robert Kubica (Renault), mesmo com uma volta de desvantagem, chegou em sétimo e somou mais seis pontos na temporada. Foi um fim de semana positivo para a equipe francesa, que ainda colocou o russo Vitaly Petrov na 10ª e última posição pontuável.

Entre ambos, a dupla da Mercedes – com Nico Rosberg sempre à frente de Michael Schumacher – se posicionou em oitavo e nono lugares.

Já Rubens Barrichello e sua equipe Williams não conseguiram repetir o bom andamento das últimas provas, ficando o brasileiro em 12º e o alemão Nico Hulkenberg em 13º.

Entre os demais pilotos do país, Bruno Senna levou a Hispania ao 19º lugar, enquanto Lucas di Grassi abandonou com a Virgin na volta de número 51.

Horas depois, a FIA anunciou que vai multar a Scuderia em US$ 100 mil, além de levar o caso à reunião do Conselho Mundial, em Paris, na França, em data ainda a ser definida.

A próxima etapa acontece na Hungria, em Hungaroring, no dia 1º de agosto.

Confira o resultado final em Hockenheim e a classificação atualizada:

Pos  Piloto        Equipe                     Tempo/Dif.
 1.  Alonso        Ferrari                    1h28:38.866
 2.  Massa         Ferrari                    +     4.196
 3.  Vettel        Red Bull-Renault           +     5.121
 4.  Hamilton      McLaren-Mercedes           +    26.896
 5.  Button        McLaren-Mercedes           +    29.482
 6.  Webber        Red Bull-Renault           +    43.606
 7.  Kubica        Renault                    +  1 volta
 8.  Rosberg       Mercedes                   +  1 volta
 9.  Schumacher    Mercedes                   +  1 volta
10.  Petrov        Renault                    +  1 volta
11.  Kobayashi     Sauber-Ferrari             +  1 volta
12.  Barrichello   Williams-Cosworth          +  1 volta
13.  Hulkenberg    Williams-Cosworth          +  1 volta
14.  De la Rosa    Sauber-Ferrari             +  1 volta
15.  Alguersuari   Toro Rosso-Ferrari         +  1 volta
16.  Liuzzi        Force India-Mercedes       +  2 voltas
17.  Sutil         Force India-Mercedes       +  2 voltas
18.  Glock         Virgin-Cosworth            +  3 voltas
19.  Senna         HRT-Cosworth               +  4 voltas
Volta mais rápida: Vettel, 1:15.824

Abandonos:

Piloto        Equipe                       Volta
Kovalainen    Lotus-Cosworth               58
Di Grassi     Virgin-Cosworth              51
Yamamoto      HRT-Cosworth                 20
Trulli        Lotus-Cosworth               4
Buemi         Toro Rosso-Ferrari           2

Classificação:                

Pilotos:                    Construtores:             
 1.  Hamilton     157        1.  McLaren-Mercedes          300
 2.  Button       143        2.  Red Bull-Renault          272
 3.  Webber       136        3.  Ferrari                   208
 4.  Vettel       136        4.  Mercedes                  132
 5.  Alonso       123        5.  Renault                    96
 6.  Rosberg       94        6.  Force India-Mercedes       47
 7.  Kubica        89        7.  Williams-Cosworth          31
 8.  Massa         85        8.  Sauber-Ferrari             15
 9.  Schumacher    38        9.  Toro Rosso-Ferrari         10
10.  Sutil         35
11.  Barrichello   29
12.  Kobayashi     15
13.  Liuzzi        12
14.  Petrov         7
15.  Buemi          7
16.  Alguersuari    3
17.  Hulkenberg     2

Perez poderá desafiar Maldonado na luta pelo título?

Depois de largar em terceiro, o mexicano Sergio Perez (Barwa Addax) venceu, neste domingo (25), a Sprint Race da GP2 em Hockenheim, na Alemanha.

Foi o terceiro triunfo do piloto no certame, o que o torna vice-líder da tabela, 21 pontos atrás de Pastor Maldonado (Rapax), que se envolveu num acidente com Romain Grosjean (DAMS) onde ambos abandonaram a disputa.

O pódio foi completado por Oliver Turvey (iSport) e Adrian Zaugg (Trident).

A dupla da ART – Jules Bianchi e Sam Bird – completou o Top 5, enquanto o espanhol Dani Clos (Racing Engineering) fechou a zona de pontos da etapa.

Entre os brasileiros, Alberto Valerio (Coloni) ficou em 12º e Luiz Razia (Rapax) em 13º.

A próxima etapa acontece na Hungria, em Hungaroring, entre os dias 31 de julho e 1º de agosto.

Confira o resultado final em Hockenheim e a classificação atualizada:

P Piloto Voltas Tempo/Dif.
1 Sergio Pérez 27 38:02.071
2 Oliver Turvey 27 6.338
3 Adrian Zaugg 27 8.111
4 Jules Bianchi 27 13.575
5 Sam Bird 27 14.948
6 Daniel Clos 27 17.096
7 Luca Filippi 27 17.386
8 Michael Herck 27 21.287
9 Giedo van der Garde 27 22.492
10 Christian Vietoris 27 23.706
11 Giacomo Ricci 27 24.535
12 Alberto Valério 27 27.981
13 Luiz Razia 27 28.234
14 Ho-Pin Tung 27 29.197
15 Vlado Arabadjiev 27 32.532
16 Max Chilton 27 37.938
17 Charles Pic 27 40.261
18 Davide Valsecchi 27 41.474
19 Romain Grosjean 24 3 voltas
20 Pastor Maldonado 24 3 voltas
Rodolfo Gonzalez 23 Abandono
Johnny Cecotto Jr. 14 Abandono
Marcus Ericsson 2 Abandono
Fabio Leimer 1 Abandono

Classificação:

Pos Piloto Pontos
1 Pastor Maldonado 66
2 Sergio Pérez 45
3 Daniel Clos 43
4 Jules Bianchi 39
5 Giedo van der Garde 27
6 Sam Bird 24
7 Charles Pic 23
8 Luiz Razia 20
9 Oliver Turvey 18
10 Davide Valsecchi 17
11 Marcus Ericsson 11
12 Michael Herck 10
13 Fabio Leimer 8
14 Giacomo Ricci 8
15 Jérôme D’Ambrosio 7
16 Adrian Zaugg 6
17 Christian Vietoris 5
18 Alberto Valério 4
19 Johnny Cecotto Jr. 3
20 Luca Filippi 0
21 Josef Kral 0
22 Ho-Pin Tung 0
23 Max Chilton 0
24 Vlado Arabadjiev 0
25 Rodolfo Gonzalez 0
26 Romain Grosjean 0
Pos Equipe Pontos
1 Rapax 86
2 Barwa Addax Team 72
3 ART Grand Prix 63
4 Racing Engineering 48
5 iSport International 35
6 Arden International 23
7 DPR 18
8 Super Nova Racing 11
9 Trident Racing 9
10 Ocean Racing Technology 8
11 DAMS 7
12 Scuderia Coloni 4