GP de Mônaco 2010 – Corrida

Publicado: 17/05/2010 em Fórmula 1

Mark Webber: duas vitórias e líder do mundial

Mark Webber continua impossível no Mundial de Fórmula 1 de 2010. No GP de Mônaco deste domingo (16), disputado no legendário circuito de Monte Carlo, o piloto australiano da Red Bull venceu de ponta a ponta, sem dar chances aos rivais, assumindo pela primeria vez na carreira a liderança do campeonato.

A dobradinha do time dos energéticos foi completada por Sebastian Vettel. O alemão tomou a segunda posição de Robert Kubica, da Renault, na largada. O polonês, em mais uma tocada consistente, subiu ao pódio pela segunda vez no ano. É um dos destaques da competição, após seis corridas disputadas.

A prova foi marcada pela entrada do Safety-Car em quatro oportunidades, sempre por conta de batidas fortes. Logo na primeira volta, o alemão Nico Hulkenberg pranchou sua Williams na curva do túnel. O acidente ajudou Fernando Alonso, que partiu dos boxes com sua Ferrari e aproveitou para trocar o composto macio pelos duros, se colocando novamente na disputa por pontos.

Na relargada, o espanhol teve que cortar um dobrado para ultrapassar Lucas di Grassi, da Virgin, que sustentou a posição por quatro longas voltas.

Já seu parceiro na Scuderia, Felipe Massa, conduzia tranqüilamente seu F10 na quarta posição, à frente da única McLaren na disputa, de Lewis Hamilton, uma vez que Jenson Button desistiu na segunda volta por conta de um superaquecimento no motor, graças a uma falha de um de seus mecânicos, que esqueceu de retirar a tampa que cobre as saídas de ar do mesmo.

Acidente encerrou às disputas prematuramente

Como de hábito em Monte Carlo, as cinco primeiras posições jamais se alteraram. E Fernando Alonso, que se viu em sexto após o pit-stop das duas Mercedes, segurou os dois carros prateados, que mais uma vez apresentou Michael Schumacher superando Nico Rosberg.

No entanto, a corrida terminaria em Safety-Car, após um forte acidente entre Jarno Trulli (Lotus) e Karun Chandhok (Hispania) na Rascasse. Porém, Schumacher passou Alonso na última volta e acabou tomando um acréscimo de 20s em seu tempo total de prova. Alonso deu uma escorregada na mesma Rascasse e Schumacher, malandro, tentou a manobra. Mas, reza o regulamento que, na última volta, o Safety-Car libera a pista apens para os pilotos completarem a prova sem ele na frente. Portanto, tendo que obedecer o posicionamento.

Assim, Rosberg foi alçado ao sétimo posto, com as duas Force India completando em oitavo e nono respectivamente. Mais uma vez, Adrian Sutil chegou na frente de Vitantonio Liuzzi, no duelo interno do time indiano.

Fechando a zona de pontos, Sebastien Buemi foi o 10º, batendo o parceiro de Toro Rosso, o espanhol Jaime Alguersuari, e pontuando pela primeira vez no ano.

Schumacher ficou com a 12ª posição.

Além de Massa, quarto colocado, nenhum brasileiro concluiu o percurso. Rubens Barrichello, que pulou de nono para sexto com sua Williams na largada, bateu na curva do Casino por conta de uma falha na suspensão traseira, causando uma das intervenções do Safety-Car.

Já Lucas di Grassi (Virgin) e Bruno Senna (Hispania) abandonaram antes da metade da prova com falhas mecânicas em seus carros.

A próxima etapa acontece no dia 30 de maio, em Istambul, na Turquia.

Confira o resultado final em Mônaco e a classificação atualiada:

Pos Piloto Equipe Voltas Tempo/Dif.
1 Mark Webber RBR-Renault 78 1:50:13.355
2 Sebastian Vettel RBR-Renault 78 +0.4 secs
3 Robert Kubica Renault 78 +1.6 secs
4 Felipe Massa Ferrari 78 +2.6 secs
5 Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 78 +4.3 secs
6 Fernando Alonso Ferrari 78 +6.3 secs
7 Nico Rosberg Mercedes GP 78 +6.6 secs
8 Adrian Sutil Force India-Mercedes 78 +6.9 secs
9 Vitantonio Liuzzi Force India-Mercedes 78 +7.3 secs
10 Sebastien Buemi STR-Ferrari 78 +8.1 secs
11 Jaime Alguersuari STR-Ferrari 78 +9.1 secs
12 Michael Schumacher Mercedes GP 78 +25.7 secs
13 Vitaly Petrov Renault 73  
14 Karun Chandhok HRT-Cosworth 70  
15 Jarno Trulli Lotus-Cosworth 70  
Heikki Kovalainen Lotus-Cosworth 58  
Bruno Senna HRT-Cosworth 58  
Rubens Barrichello Williams-Cosworth 30  
Kamui Kobayashi BMW Sauber-Ferrari 26  
Lucas di Grassi Virgin-Cosworth 25  
Timo Glock Virgin-Cosworth 22  
Pedro de la Rosa BMW Sauber-Ferrari 21  
Jenson Button McLaren-Mercedes 2  
Nico Hulkenberg Williams-Cosworth 0  

Volta mais rápida: Vettel, 1:15.192s

Classificação/Pilotos:

Pos Piloto Pontos
1 Mark Webber 78
2 Sebastian Vettel 78
3 Fernando Alonso 75
4 Jenson Button 70
5 Felipe Massa 61
6 Robert Kubica 59
7 Lewis Hamilton 59
8 Nico Rosberg 56
9 Michael Schumacher 22
10 Adrian Sutil 20
11 Vitantonio Liuzzi 10
12 Rubens Barrichello 7
13 Vitaly Petrov 6
14 Jaime Alguersuari 3
15 Sébastien Buemi 1
16 Nico Hülkenberg 1

Classificação/Construtores:

Pos Construtor Pontos
1 Red Bull/Renault 156
2 Ferrari 136
3 McLaren/Mercedes 129
4 Mercedes 78
5 Renault 65
6 Force India/Mercedes 30
7 Williams/Cosworth 8
8 Toro Rosso/Ferrari 4
Anúncios
comentários
  1. Ron Groo disse:

    Penso que está acontecendo com o Webber o mesmo que aconteceu com o Button no ano passado.
    Carrão na mão de piloto meia boca… Pode acabar do mesmo jeito.

  2. Ylan Marcel disse:

    Discordo, Groo.

    Button está mostrando talento e não fosse a falha humana no GP de Mônaco, sua vantagem sobre o badalado Lewis Hamilton seria ainda maior. Sobre Webber, concordo. Mas, uma dúvida: porque Vettel, que é bem mais cotado, não consegue superar o “meia-boca” Webber, com carros iguais?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s