GP da China de 2010 – Corrida

Publicado: 19/04/2010 em Fórmula 1

Button recebe a bandeirada do GP

Jenson Button venceu com autoridade o GP da China deste domingo (18), quarta etapa da temporada 2010 da Fórmula 1, disputado no circuito de Xangai. Largando de quinto, o piloto da McLaren ultrapassou Nico Rosberg na volta 19 e não foi mais ameaçado.

Mas sua vitória começou a ser construída no primeiro giro. Ainda na volta de aquecimento, a chuva caiu e levou vários pilotos ao box. Menos Jenson Button, Nico Rosberg, Robert Kubica, Vitaly Petrov, Pedro de la Rosa e Heikki Kovalainen, que apostaram acertadamente que a chuva passaria.

Assim, os demais pilotos tiveram que voltar aos pits para recolocar pneus slicks, fazendo Nico e Jenson abrirem quase 50s para o restante do pelotão.

Porém, o toque de Jaime Alguersuari numa HRT acabou deixando pedaços da Toro Rosso pela pista, o que levou o Safety-Car novamente à pista, desfazendo a vantagem dos ponteiros.

Na relargada, destaque para a reação de Lewis Hamilton, que completou a dobradinha da McLaren, em segundo. Outro que escalou o pelotão foi Fernando Alonso. Depois de pular na ponta no arranque, o espanhol da Ferrari foi punido com um drive-through por ter queimado a largada. Chegou em quarto, bem próximo de Nico Rosberg, da Mercedes, que fechou o pódio.

Robert Kubica alcançou mais um bom resultado com a Renault, em quinto. Seu parceiro no time francês, o russo Vitaly Petrov cometeu alguns erros, fez ultrapassagens ousadas e acabou por marcar seus primeiros pontos na F1, em sétimo. Entre eles ficou o pole-position, Sebastian Vettel, apagadíssimo na prova.

Acredita-se que a Red Bull tenha treinado desde o sábado com set-up de corrida, o que explicaria o banho dado na concorrência no qualifying e o fraco rendimento no GP. O outro piloto da equipe, Mark Webber, foi um modesto oitavo colocado.

Fechando a zona de pontuação, Felipe Massa e Michael Schumacher figuraram em nono e décimo respectivamente. Na corrida desses dois pilotos, é importante fazer observações. Massa foi, mais uma vez, apático, com um ritmo de corrida bem inferior ao seu companheiro Alonso. Terminou por ser ultrapassado pelo asturiano na entrada do box, num lance polêmico, porém ousado do bicampeão.

O brasileiro despencou da liderança do certame para o sexto posto, provando que sua estratégia, de sempre pontuar, não será suficiente para levar o título neste novo formato de pontuação adotado pela categoria neste ano.

Já Schumacher segue brincando de competir. Foi ultrapassado por pelo menos metade do grid, com um ritmo ridículo, sujando, cada vez mais, sua quase irretocável reputação construída no passado. Não me surpreenderia se desistisse da temporada a partir já do próximo GP. Nick Heidfeld, em ótima forma pela Sauber no final do ano passado, aguarda o momento para substituir o compatriota.

Entre os demais brasileiros, Rubens Barrichello levou seu Williams a 12ª posição, enquanto Bruno Senna (HRT) foi o 16º. Lucas di Grassi (Virgin) abandonou após oito voltas apenas.

No mundial de pilotos, Button assumiu a dianteira, totalizando 60 pontos, dez a mais que Nico Rosberg. Entre as equipes, a McLaren – nova líder – soma 109 pontos e tem 19 na frente da Ferrari.

A próxima etapa será disputada em Barcelona, no circuito da Catalunha, na Espanha, no dia 9 de maio.

Confira o resultado final na China e a classificação atualizada:

Pos  Piloto        Equipe                     Tempo/Dif.
 1.  Button        McLaren-Mercedes           1h44:42.163
 2.  Hamilton      McLaren-Mercedes           +     1.530
 3.  Rosberg       Mercedes                   +     9.484
 4.  Alonso        Ferrari                    +    11.869
 5.  Kubica        Renault                    +    22.213
 6.  Vettel        Red Bull-Renault           +    33.310
 7.  Petrov        Renault                    +    47.600
 8.  Webber        Red Bull-Renault           +    52.172
 9.  Massa         Ferrari                    +    57.796
10.  Schumacher    Mercedes                   +  1:01.749
11.  Sutil         Force India-Mercedes       +  1:02.874
12.  Barrichello   Williams-Cosworth          +  1:03.665
13.  Alguersuari   Toro Rosso-Ferrari         +  1:11.416
14.  Kovalainen    Lotus-Cosworth             +   1 volta
15.  Hulkenberg    Williams-Cosworth          +   1 volta
16.  Senna         HRT-Cosworth               +  2 voltas
17.  Chandhok      HRT-Cosworth               +  4 voltas

Melhor volta: Hamilton, 1:42.061

Abandonos:

Piloto        Equipe                     Volta
Trulli        Lotus-Cosworth               27
Di Grassi     Virgin-Cosworth              9
De la Rosa    Sauber-Ferrari               8
Buemi         Toro Rosso-Ferrari           1
Kobayashi     Sauber-Ferrari               1
Liuzzi        Force India-Mercedes         1
Glock         Virgin-Cosworth              1

Classificação:                

Pilotos:                    Construtores:             
 1.  Button        60        1.  McLaren-Mercedes          109
 2.  Rosberg       50        2.  Ferrari                    90
 3.  Alonso        49        3.  Red Bull-Renault           73
 4.  Hamilton      49        4.  Mercedes                   60
 5.  Vettel        45        5.  Renault                    46
 6.  Massa         41        6.  Force India-Mercedes       18
 7.  Kubica        40        7.  Williams-Cosworth           6
 8.  Webber        28        8.  Toro Rosso-Ferrari          2
 9.  Sutil         10
10.  Schumacher    10
11.  Liuzzi         8
12.  Petrov         6
13.  Barrichello    5
14.  Alguersuari    2
15.  Hulkenberg     1
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s