Symonds: “Papel de Nelsinho é ajudar Alonso”

Publicado: 25/01/2009 em Fórmula 1
Nelsinho parte para seu segundo ano como titular na F1

Nelsinho parte para seu segundo ano como titular na F1

” Sua missão será melhorar continuamente e tornar-se um pontuador regular. Seu papel é apoiar Fernando sempre que puder”.

A mim não causou nenhuma surpresa. Foi apenas a confirmação do óbvio. As palavras de Pat Symonds, diretor de engenharia da Renault, são claras e diretas. A Piquet cabe o papel de segundo piloto. É pegar ou largar.

Nelsinho, seja por falta de opções ou por não ter demonstrado toda a sua capacidade em seu ano de estréia na Fórmula 1, não tinha para onde correr. No entanto, na semana passada deu uma entrevista ao site “Tazio” dizendo que esperava um tratamento igualitário do time francês no campeonato deste ano. A declaração deste domingo (25) de Symonds soou como uma resposta categórica ao “pedido” do brasileiro.

Em algum post antigo, escrevi que, das nove equipes da categoria, a McLaren era a que tinha a hierarquia de pilotos mais definida, só perdendo para a Renault. Mesmo o pódio conquistado por Nelsinho, na Alemanha – o primeiro da Renault em 2008 – não foi suficiente para alçá-lo a um patamar mais elevado internamente. Ele segue como segunda opção. Symonds acaba de confirmar minhas suspeitas. Agradeço-o.

Não tenho dúvidas que o time de Flavio Briatore tenha concentrado todos os seus esforços para que o modelo R29 esteja ao gosto de Fernando Alonso. Além de contar com mais experiência que o brasileiro, o bicampeão sabe, como nenhum outro piloto do grid, passar informações de qualidade aos engenheiros sobre suas impressões do carro. Não tenham dúvidas que isso foi um fator determinante para o crescimento da Renault na temporada passada.

cena deve se repetir bastante em 09

Alonso lidera Piquet: cena deve se repetir bastante em 09

Acredito que a equipe baseada em Enstone vai fazer uso da estratégia da McLaren em 2008 para tentar triunfar neste ano. O time inglês claramente apostou em Lewis Hamilton desde o começo, focou no título de pilotos e, caso Heikki Kovalainen somasse uma boa quatidade de pontos, a taça dos construtores também poderia vir. Em parte, cumpriram o objetivo.

Pois bem. Agora utilize este mesmo raciocínio para a Renault, substituindo Hamilton por Alonso e Kovalainen por Piquet. Talvez, este seja o caminho.

Nós, brasileiros, lamentaremos. Afinal de contas, entre os tupiniquins, apenas Felipe Massa aparece com chances de subir no degrau mais alto do pódio em 2009. Novamente.

Anúncios
comentários
  1. Ciro disse:

    o normal é que as equipes deixem os pilotos disputarem livremente até o 5º ou 6º. Daí quem tiver na frente deve receber atenção maior por parte do time (acho q é o correto mesmo, ainda + pra quem briga pl título)

    agora tem casos q ñ precisa d bola d cristal pra adivinhar que vai ter um início d temporada melhor… auhauhauha

    p.s. ñ recebi e-mail seu ñ, + já add vc na minha lista d blog

    Abração
    http://f1trulli.blogspot.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s